Em entrevista vocalista do P.O.D, Sonny Sandoval, fala sobre o novo CD e música com palavrão

2

A banda P.O.D lançou recentemente seu novo CD “Murdered Love”, para muitos críticos musicais o novo trabalho trouxe a sonoridade que consagrou P.O.D em 2001 com o trabalho Satellite que emplacou diversos hits como “Alive”, “Boom” e “Youth of The Nation” e foi lançado no dia dos atentados de 11 de Setembro.

O site Christianity Today entrevistou o vocalista da banda, Sonny Sandoval, que falou sobre o novo momento do P.O.D, fé e a polêmica envolvendo a última faixa do CD “I am” que foi censurada em lojas cristãs pois contêm o palavrão “fuck”.

O último trabalho do P.O.D foi “When Angels & Serpents Dance” lançado em 2008, que vendeu apenas cerca de 200.000 cópias, e desde então a banda estava aproveitando o tempo para estar com a família e outros projetos, segundo Sonny este hiato serviu para ele ser “um melhor marido e um melhor pai” e também fortalecer sua fé e se aproximar de Deus.

Sonny contou na entrevista que neste tempo aproveitou para servir em sua igreja local mas que Deus falou que “a úlltima coisa que Eu preciso é de mais um pastor” e com isso ele sentiu que estava no caminho certo.

O novo álbum também tem letras muito claras em relação a fé da banda e sobre isso Sonny diz que “não precisa ser um gênio para perceber que estamos em mundo que está afundando e que sem uma fé em Deus e sua redenção estamos perdidos” por isso a mensagem das novas canções do P.O.D expressam o amor de Deus.

Sonny falou sobre algumas canções como a faixa-título “Murdered Love” que fala so sacrifício de Cristo na cruz e a figura dos ladrões na cruz em que um creu e Jesus prometeu que estaria no paraíso junto com Ele. Outra faixa destacada foi “Beautiful” que busca enfatizar que Deus nos ama.

A entrevista também questionou sobre a polêmica envolvendo o lançamento do P.O.D a faixa “I Am” que inclui o palavrão “fuck” e que foi censurada no mercado fonográfico cristão.

A letra é uma oração de um jovem que passou por muitos problemas e busca uma resposta em Deus, Sonny disse que incluir a canção foi debatido entre a banda mas que ela siginifica o que muitos jovens estão falando. “A canção é pesada, mas no fim eu decidi que estava cansado do que os cristãos poderiam pensar.” disse Sonny. Para o cantor P.O.D não é uma banda para tocar em grupos de jovens e outros eventos de jovens cristãos mas para o “mundo real”. Quando algum jovem ouve essas frases ele não pensa no palavrão ele diz “Este cara está falando de mim. Tudo que ele diz está relacionado a minha alma”. Sonny defende a irrelevância do palavrão, já que essa é uma maneira que os jovens falam, que mesmo ele não gostando é a maneira com que eles se expressam.

A faixa “I Am” não está presente na versão de “Murdered Love” distribuído pelo selo cristão “Provident”.

Confira a entrevista na íntegra (em inglês) clicando aqui.

Redação Gospel+


2 COMENTÁRIOS

  1. Meu, to com o Sonny e num abro… Serião, amei este novo CD, já estava sentindo falta dessa pegado no P.O.D…
    Acho que o Brasil precisa mesmo de bandas com o estilo musical e as atitudes do P.O.D… To com saudade disso, saudade dos katsbarneas, oficinas e resgates da vida…
    Sou musico e tive banda de rock, estou com muita saudade de fazer a diferenã, Por isso convido vc´s, que moram em SP, caso queiram montar uma banda, entrem em contato. levi.hnsilva@gmail.com … tks!

Deixe uma resposta