Martin Smith e sua esposa lançarão livros sobre os anos de Delirious?

2

Em fevereiro serão lançado dois livros relacionados a banda de rock e louvor Delirious?. Martin Smith, vocalista da banda que fez sua despedida em 2010, escreverá suas experiências no livro “My Journey With The Band, A Growing Family And An Army Of History Makers” (“Minha jornada com a banda, uma família que cresceu e um exército de fazedores da história” – ainda sem tradução para o português). Seu prefácio é escrito pelo ministro de louvor Matt Redman que comentou:

“Nestes anos Martin tem sido um mentor, perto e longe. E esse livro será da mesma maneira para você. A mensagem aqui é alta e clara – como sua música sempre foi. Martin nos aponta para Jesus e nos lembra para nos encontrar-mos em Sua história, e dessa forma fazermos a história juntos.”

A esposa de Martin e mãe de seus seis filhos, Anna Smith escreveu sua autobiografia intitulada “Meet Mrs Smith: My Adventures With Six Kids, One Rock Star Husband And A Heart To Fight Poverty” (Conhecendo a Sra. Smith: Minhas aventuras com seis crianças, um marido rockstar e um coração voltado para lutar contra a pobreza” – ainda sem tradução para o Brasil). O prefácio deste livro é escrito pela ex líder do grupo Hillsong Darlene Zschech:

“Eu a conheci na minha porta e ela estava cruzando o ocenado até a Austrália com seis crianças cansadas e um marido sonhador; nós louvamos e oramos e conversamos sobre o amor de Cristo até o sol nascer. Ela nunca tem vacilado em seu compromisso com Cristo, seus filhos, seu casamentoo, sua família, seus amigos, sua igreja e sua comunidade e ela tem sido fiel com minha família. Minha família e eu temos admiração e alegria em confiar nela cada vez mais.”

Os livros escritos por Anna e Martin Smith ainda não tem previsão de chegar ao Brasil. Confira abaixo a capa dos livros:

Fonte: Gospel+, com informações de Crossrhythms


2 COMENTÁRIOS

  1. Lamento até hoje que Martin Smith tenha desistido de continuar levando o amor de Deus através do Delirious?, embora saiba que existem projetos pessoais dele que são tão interessantes quanto, como CompassionArt.
    Observação: nossa querida língua portuguesa é complexa, porém bela, e quando não a usamos de forma correta, ela vira um desastre. “Em fevereiro será lançado dois livros…” Vamos conjugar a frase com o plural? E as “esperiências” que Martin e Ana contam devem ser mais interessantes se forem interpretadas como “experiências”…
    Grande Abs!

Deixe uma resposta