Marina de Oliveira e Sérgio Menezes – confira a história de amor que terminou em um grave acidente de ultraleve

15

Marina de Oliveira e Sérgio Menezes. Se fossemos contar como esses dois se apaixonaram – e descobriram que o sentimento ia muito além da paixão – iríamos escrever uma linda história de amor inesperada, surpreendente, mas planejada por Deus. E esse lindo encontro foi coroado na noite de ontem, onde Marina e Sérgio uniram-se em matrimônio em cerimônia na Casa das Canoas, em São Conrado, no Rio de Janeiro. A diretora artística e cantora Marina de Oliveira e o fotógrafo e empresário Sérgio Menezes começaram a namorar em agosto de 2007. Na certeza de que a aproximação foi um presente de Deus para suas vidas, os dois noivaram em setembro.

O cerimonial foi marcante e cercado por muita emoção, alegria e a presença do Espírito Santo de Deus, que testificava cada momento. A mãe da noiva, Yvelise de Oliveira, e o pai do noivo, Sebastião Menezes, o noivo e sua mãe Sulamita, entraram com a música “O Amor é Uma Fogueira”, cantada por Eyshila. Aline Barros cantou “Soube que me Amavas” para a entrada da noiva, que usou um vestido na cor marfim, assinado por uma estilista carioca.

Lágrimas daqui, sorrisos dali, momentos de quebrantamento e alegria. A cerimônia foi realizada pelo pastor Jaime Soares, da Assembléia de Deus de Bonsucesso (RJ), que é amigo do casal. Jaime pregou sobre o texto Gênesis 2:18. Ele falou sobre o significado do casamento, sobre as lutas e grandes alegrias do dia-a-dia a dois, e ainda liberou uma palavra profética para os noivos. Letícia, filha caçula de Marina, entrou com as alianças ao som de Fernanda Brum cantando “Amar Você”. A música, que fez parte do CD Meu Bem Maior, e até hoje é cantada e tocada em casamentos, ganhou novo arranjo na ocasião.

Após a bênção das alianças, o Voices, que não poderia faltar, cantou “Habitar em Ti”. Marina também uniu-se ao grupo. Na interpretação de William Nascimento, a música “Recomeçar” marcou o fim da cerimônia. “Foi um dia inesquecível. Primeiro porque foi uma cerimônia íntima, simples e cheia do Espírito Santo. Segundo, por poder ver a alegria no rostinho da Marina, no rostinho do Sérgio e no rosto do Arolde”, afirmou Yvelise de Oliveira. Arolde de Oliveira também falou sobre a felicidade de um pai nesse momento. “Estou muito emocionado também, muito feliz graças a Deus, que concedeu a eles essa bênção, esse recomeço. Como pai, estou radiante! Pela Marina, porque conheço a Marina, pelo Sérgio, porque estou conhecendo o caráter dele. Glórias a Deus por isso”.

O casamento de Marina e Sérgio reuniu cem convidados. Familiares dos noivos e amigos mais próximos. Muitas pessoas conhecidas no meio evangélico marcaram presença: entre os cantores, além daqueles que participaram da cerimônia, estavam lá Kleber Lucas, Emerson Pinheiro, Rayssa e Ravel e Pamela. Os Bispos Ton e Cristina, da Comunidade Vida Cristã, e políticos, como o Deputado Federal Índio da Costa, também marcaram presença. O grupo MK de Comunicação foi representado pela diretoria.

Na sexta-feira passada, Sérgio Menezes morreu em um acidente de ultraleve no Rio. Junto dele estava o irmão de Marina de Oliveira, Benoni de Oliveira, filho do deputado Arolde de Oliveira e de Yvelise de Oliveira, dona da MK Music.

Fonte: Creio / Gospel+

Tragédia na Família de Oliveira – Confira a cobertura completa:

O acidente

Especial Marina de Oliveira

Mais informações

15 COMENTÁRIOS

  1. Muito triste tudo isso. O único detalhe que na época me deixou muito chateada é que o Sérgio era casadíssimo qdo conheceu a Marina. A esposa dele ficou arrasada.

    Mas nada tira a dor da Marina e me compadeço muito dela. Chora em Deus para que a console.

    PaZ!!

  2. Lamento!
    É uma notícia muito triste. Só Deus para confortar essa familia que passa por esse momento tão difícil.
    Marina,desafios grandes e fortes, só vem para aqueles que tem um grande caráter. Você é forte no Senhor Jesus, Ele irá te manter de pé como uma guerreira. Somente descansa na sombra do onipotente.

    Meus sentimentos

  3. A senhora Marina de Oliveira foi casada pelo menos 3 vezes, uma com o pai da filha dela, outra com o Alberto Brizola e outra com o falecido Sergio Menezes, porque ninguém nunca confrontou ela com suas práticas que afrontam a palavra de Deus? Porque ninguem trouxe uma palavra profética que a confrontasse? Onde há base bíblica pra tanto divórcio?
    O outro falecido, filho do Arolde de Oliveira nem cristão era!!!!!!! Pertencia ao grupo de motoqueiros Hells Angels (Anjos do inferno!!!!) Dono de uma boate chamada Six (seis), o número do homem na Bíblia, cujo site está repleto de símbolos satanicos, como um dragão e um 666 estilizado que é o simbolo da boate. Duvidam? Confiram no site: http://www.clubsix.com.br
    Vamos deixar a idolatria de lado e abrir nossos olhos!!!!!!!!!!!!

  4. lamento a perda pois ´so a família sabe o quanto dói a saudade e tristeza. que Deus conforte os coraçãoes enlutados. Ninguém tem o direito de julgar as pessoas, mas é hora de Pai, mãe e a viúva refletirem sobre seus atos, ler a BIBLIA e obedecer a palavra de DEUS.Quando se é pobre , sem fama a Igreja sabe disciplinar, agora se tem nome e sobrenome famoso, dinheiro, aí até a pslavra de Deus é mudada ou ajustada para favorecimentos, é hora de voltar ao primeiro amor, essa moça teve três maridos e agora está só, reflita e só o amor de DEUS pode dar consolo e paz. Obedecer, e obedecer.

Deixe uma resposta