Taya Smith, do Hillsong, afirma que o louvor “é uma arma contra as trevas”; Assista

0

A cantora Taya Smith é líder de adoração no ministério de louvor Hillsong, e recentemente falou sobre como vê a importância da exaltação a Deus na jornada de fé cristã e como isso se reflete no seu cotidiano

“A adoração é uma arma. E é uma arma onde, se você dá às pessoas palavras certas, ela se torna como uma espada. E se elas são palavras baseadas na Bíblia, a Bíblia de verdade, ela corta a carne e o espírito”, afirmou, em um vídeo promovido pelo Hillsong Worship & Creative Conference.

A persistência na adoração é uma das maneiras de superar dias difíceis, afirmou a intérprete, que explicou que em determinado momento de sua vida estava passando por algumas provações, e sentiu-se mais preparada para lidar com as investidas das “trevas”.

“A adoração me deu palavras que são como uma arma para cortar coisas que eu não quero pensar ou sentimentos que são bastante pesados. Existem momentos em que a vida fica bem difícil e eu preciso estar em posição de liderar a adoração. Você está tentando liderar algo e talvez esteja questionando o que você está cantando para as pessoas”, ponderou.

Na visão de Taya Smith, a adoração é uma forma de contemplar e compreender a bondade de Deus: “Noite após noite, estou presa a Deus. Você não pode estar na presença de Deus sem que seu coração seja impactado ou permanecer de forma carnal. Pois nós fomos chamados para adorar a Deus em espírito e em verdade. Precisamos ser honestos mesmo quando às vezes estamos envergonhados”, enfatizou.

“Devemos nos lançar totalmente em Deus. Lançar as partes bonitas e as partes feitas também, quando dizemos: ‘Eu estou falando isso?’ ou ‘Eu estou pensando nisso?’ Deus é bom e eu tenho experimentado dessa bondade de Deus principalmente nesses momentos. Ele continua colocando Suas palavras em minha boca, mesmo quando eu não quero acreditar”, encorajou.

Assine o Canal

Deixe uma resposta