Guilherme de Sá deixa os vocais da banda Rosa de Saron

0

O vocalista Guilherme de Sá anunciou que está de saída da banda Rosa de Saron, uma das principais da música cristã de tradição católica, e com maior audiência do público evangélico.

A banda está em atividade há 30 anos, e agora Guilherme de Sá revelou que está de saída do grupo após 17 anos. O anúncio foi feito pela banda na última terça-feira, 13 de novembro, durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais.

“Nem todos os caminhos são para todos os caminhantes e que se veja que nem todos que se foram queriam partir. Nós somos aqueles a quem defendemos e aquilo que acreditamos. Eu me despeço entre o direito da saudade e o dever da paternidade. Obrigado a todos pelo sonho vivido. Eu vi Deus em vocês. Eu vi Deus em tudo. Que a rosa continue cultivada e que meu cansaço a outros descanse”, escreveu o cantor em seu perfil no Instagram.

Para os músicos remanescentes, Eduardo Faro (guitarra), Rogério Feltrin (baixo) e Wellington “Grevão” Greve (bateria), a estrada continua. Embora não tenham anunciado um novo vocalista, agradeceram aos fãs pelo carinho e garantiram que a agenda está mantida normalmente.

A última apresentação com Guilherme de Sá nos vocais acontecerá no dia 10 de fevereiro de 2019, em São Paulo. “Somos gratos por todas as orações, torcida, incentivo e apoio que sempre recebemos de vocês. A missão do Rosa continua e mais do que nunca precisaremos contar com cada um de vocês, pois foi isso que trouxe o Rosa de Saron até aqui, depois de 30 anos, e é só isso que pode nos levar aos próximos 30”, disseram os músicos.

Em 2017, Guilherme de Sá lançou um projeto solo, intitulado “Íngreme”. Antes dessa iniciativa, o cantor participou de um projeto do cantor Mauro Henrique, vocalista da Oficina G3, chamado “Loop Sessions+Friends”, que também contou com Leonardo Gonçalves e Eli Soares.


Deixe uma resposta