[Entrevista] Fernandinho fala sobre ministério, música gospel e expectativas em torno do CD “Teus Sonhos”. Confira

0

O cantor Fernandinho, que recentemente lançou o CD “Teus Sonhos”, concedeu entrevista exclusiva ao Gospel+, falando sobre diversos assuntos ligados ao ministério e projetos.

No nosso bate papo, o cantor falou sobre como conciliar o ministério pastoral na Segunda Igreja Batista de Campos com a carreira como ministro de louvor, sobre sua relação com Chris Tomlim, influências musicais, projetos para gravar músicas em outros idiomas e expectativas em relação à repercussão do novo álbum, que já no lançamento alcançou a marca de 80 mil cópias vendidas, recebendo certificado de Disco de Platina.

Acompanhe abaixo nossa entrevista exclusiva com Fernandinho:

Fernandinho, na maioria dos seus CDs você inclui Hinos. Existe algum motivo especial para isso?
Creio que aquilo que é velho ainda traz frutos para nós – “Na sua velhice darão frutos”, além de ser algo natural, pois estes são hinos que fazem parte da minha historia.

Além de ministrar no Brasil todo e até fora do país, você é pastor na Segunda Igreja Batista de Campos. Como você faz para conciliar as agendas, com o pastoreio e família?
Quando comecei a ministrar, meu pastor me disse que se desse certo na igreja, daria certo em qualquer lugar. Durante anos estive a frente junto com minha esposa do ministério com os músicos, hoje não estou diretamente, mas permaneço cuidando de pessoas.

Recentemente, o cantor João Alexandre fez uma forte crítica à música Gospel no Brasil: “Não faço mais parte, definitivamente, nem em número, nem em gênero e nem em grau, do importado movimento gospel”. O que você pensa sobre o movimento Gospel no Brasil atualmente?
Sobre o gospel, penso que cada um dará conta naquele dia. Assim como tudo, existem pessoas genuínas e outros falsos, existem coisas excelentes e outras ruins. Mas não posso fazer como alguns que justificam sua ausência na igreja por conta de escândalos e defeitos de outros. Eu não posso fazer isto, pois as virtudes que existem em mim são frutos da graça e eu não sou melhor do que ninguém. Oro para aqueles que trazem vergonha a igreja e ao movimento “gospel”. Deus, na sua infinita misericórdia, os traga de volta.

Na conferência Passion 2012 você ministrou com outros cantores de diversas nacionalidades a música “How Great is our God”. Conte um pouco sobre essa experiência.
Fico muito feliz pelo privilégio de conhecer o Chris Tomlin e todo o pessoal do Passion. Fico feliz quando encontro pessoas “famosas”, mas com a simplicidade de Cristo. Tem sido maravilhoso estar nesta conferência ministrando e sendo ministrado.

Existe atualmente algum projeto de gravar músicas em inglês?
Já existiu convite, vontade, mas temos pedido ao Senhor para dar frutos na estação própria. Orem por isso, o desejo não parte da vontade de expandir o ministério e sim de algo como “é isto que Deus tem pra mim”, se Ele quer que eu faça, e por isto a espera.

Quais são suas principais influências musicais?
Não escuto musica secular, procuro escutar algo que edifique meu espirito, algo que me ajude a vencer. Vivo a procura de canções que vc vê o sobrenatural invadindo técnicas e acordes.

Fale um pouco sobre a sua parceria com a Onimusic e suas expectativas em relação ao novo CD “Teus Sonhos”.
Deus colocou a Onimusic em nossa caminhada e tem dado frutos e somos felizes por empenho de todos desde a gerência até os vendedores. Este é o meu tempo lá. Sobre a expectativa, nós fazemos algumas, isto é natural, porém Deus sempre supera e isto tem acontecido com o CD “Teus Sonhos”. Como diz a canção, eles são maiores que os meus.

Qual a sua mensagem para os internautas do Gospel+?
Não use Deus pra seus sonhos, deixe Deus usar você para os sonhos dEle. Existe um tempo, um lugar e um jeito todo especial que Ele preparou de antemão para os seus. Celebre a vida abundante, viva pra Ele, se alegre. Viva intensamente pra Deus!

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta